quarta-feira, dezembro 22, 2010

Cartão de Natal 2010


Este ano juntamos neve nos pés. Cada um de nós trouxe um relógio velho e um mapa de Poincaré, subtraídos aos impérios do tempo de Peter Galison. Pronto, para que saibas, andamos a medir o nosso tempo e o nosso espaço desde o primeiro momento em que a vida nos fez juntar as mãos e o primeiro sorriso somado à primeira bica-de-água das nossas vidas.
Escolhemos neste ano uma casa no ventre do xisto. Não há riscos sistémicos nem mercados de futuros ou de saudades. Estamos juntos outra vez, a vida nos embale assim. A Helena trouxe um vaso de rosa-albardeira (que para mim são “cucas”, que na Sr.ª. do Círculo eram oferecidas pelos rapazes às namoradas) e deixou-as num vaso grande à soleira do relento, junto à janela de pedra, provocando os rapazes da taberna onde bebemos um café e a bagaceira a encorajar o caminho.
A Mónica trouxe umas fogaças da Feira, castanhas e, às costas, a ver-se da pequena mochila, uma grande ramada de rosmaninho e uma paleta de presunto que sobressaía na pouca luz do andando.
O David trouxe pão fresco, queijo como sempre trouxe, vinho e café. E música, um carrego de 24 giga num ipod sem saber onde o ligar.
Na entrada da casa havia um grande quadro de Matisse, grande nu sentado, em bronze, a convidar-nos a descansar. Havia também lenha para a primeira fogueira. Já está a falar connosco, seca como o tempo. Sentamo-nos à sua alegria. Pendurámos os relógios na cozinha – fica parado outra vez o nosso tempo! Abrimos os mapas no chão da sala – ficam outra vez traçadas as nossas vidas! Vinho, fogaças, castanhas que aquecem as mãos, tiras de presunto com pão e queijo, que mais queremos? A rosa-albardeira a dar bom cheiro, o rosmaninho a crepitar no fogo e um café lá para quando a noite começar a adormecer os braços com medo de perdermos os abraços. Música, esqueçam!!! Então cantemos.
Dizer apenas que já chegámos e que vos esperamos. A casa está aberta, há água quente na panela de ferro, as camas feitas. Tragam o vosso relógio e o vosso mapa. Sem isso, este ano não nos entendemos!
(Alguém bate à porta!)
- Helena, Mónica, quem vai abrir?
-És tu?
Então FELIZ NATAL 2010!
DHM

3 Comments:

At 9:51 da tarde, Blogger Joana said...

Feliz Natal!

 
At 11:13 da manhã, Blogger Mónica (em Campanhã) said...

boas festas, neste já pós-natal. que saudades me dão sempre os teus escritos!

 
At 4:59 da tarde, Blogger CCF said...

Que bonita a imagem e o texto!!!
E que vontade de ir.
Um abraço e boas festas.
~CC~

 

Enviar um comentário

<< Home

Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!